Quero ser Grande




Deslizando de meias pela casa

Sabe aquele filme que te dá uma tremenda sensação de bem-estar? Os americanos chamam de "feel good movies". Prefira ao Lexotan.

1. Quero ser grande
Big. Eua, 1988. De Penny Marshall. Com Tom Hanks, David Moscow, Mercedes Ruehl e John Heard.

Josh (Moskow/Hanks), um menino de 12 anos, pede para ser adulto à uma máquina dos desejos de um parque de diversões e seu pedido é realizado. Completamente inexperiente em matéria de trabalho e relacionamentos amorosos, acaba conseguindo um emprego em uma fábrica de brinquedos, e uma namorada. A cena de Hanks tocando piano com os pés foi considerada pelos críticos americanos como uma das mais mágicas do cinema, só perdendo para a bicicleta e a lua, em ET. Para que Tom Hanks soubesse se comportar como uma criança, a diretora gravou o filme inteiro só com o menino, para que ele analisasse o comportamento infantil.

Spielberg ia dirigir o filme, com Harrison Ford no papel principal. Mas Tom se saiu muito bem e ganhou o Globo de Ouro de melhor ator.

A diretora convidou primeiro Robert De Niro, que pediu muita grana para fazer o filme. Depois tentou Jeff Bridges, que recusou o papel.
.

2 comentários:

Tempestade disse...

Adoro esse filme e essa cena realmente é mágica!

Chris, mãe da Cecília disse...

Putz, taí... eu acho que sou a única pessoa na face da terra que não gosta do Tom Hanks fazendo comédia.
Aliás, não gosto dele em quase nada, mas, em comédias é o que eu menos aprecio...

;)