cinema, aspirina e urubus





Cinema, aspirinas e urubus
Brasil, 2005
De Marcelo Gomes. Com Peter Ketnath, João Miguel, Hermila Guedes


O Brasil não merece o Brasil

Road movie no sertão brasileiro. Em 1942, Johann (Ketnath - uia!) é um alemão que vem para o Brasil fugindo da Segunda Guerra Mundial. De caminhão, ele percorre o Nordeste levando a última novidade de seu país, capaz de acabar com todos os males: a aspirina. Carregando um projetor, um telão improvisado e comerciais do remédio -que fascinam os moradores da região - acaba dando carona para Ranulfo (Miguel), um nordestino típico que sonha tentar a vida no Rio de Janeiro.

O pernambucano Marcelo Gomes demorou sete anos para conseguir rodar o filme. Baseado numa história que aconteceu com seu tio-avô Rudolph, "Cinema, aspirinas e urubus" é sobre um Brasil que ignoramos e a amizade que pode surgir entre dois homens completamente diferentes. É interessante e triste observar que a história poderia se passar tranqüilamente nos dias atuais, já que a condição dos brasileiros que vivem na área paupérrima do país continua idêntica. Nunca vi um filme brasileiro com tanto estilo & elegância.

Aplaudidíssimo em Cannes, "Urubus..." é ovacionado por todos os países por onde passa, e não pára de faturar prêmios.

Marcelo Gomes estudou cinema em Bristol, na Inglaterra. Esse é seu primeiro longa, após vários curtas premiados. Foi co-roteirista de "Madame Satã". O cineasta pediu autorização à Bayer para usar o nome do remédio, mas acabou preferindo ter liberdade na hora de contar à história. Seu tio-avô morreu antes de o filme ser concluído. As tomadas foram feitas no sertão da Paraíba, e como no roteiro, os habitantes ficaram fascinado com o cineminha. Excluindo o ator alemão, todo o elenco do filme é nordestino.

Imperdível. Filmaço.

.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá, eu gostaria de ver esse filme, esta passando nos cinemas, já esta pra alugar, como faço?

BRGD,
Wilton Soares

marina w. disse...

Já está para alugar.
Beijo.

favoritos disse...

Que alegria esse seu novo blog! Estou amando. E esse filme é incrível, Ranulfo é um dos meus personagens favoritos! Um beijo!