E Tua Mãe Também


(Y Tu Mamá También)
México, 2001. De Alfonso Cuarón. Com Gael García Bernal, Diego Luna e Maribel Verdú.

Os melhores filmes legais são aqueles que a gente vê sem querer. Estava de bobeira no sofá da sala, controle remoto, dei uma paradinha e a sorte de pegar o filme no início. Adorei, adorei, porque gosto demais de filmes sobre amizade. Como tem muitos gemidos no filme, apertava o mute, porque minha filha estava na mesa da sala fazendo trabalho de grupo. Hohoho. Mute direto.

Julio e Tenoch são dois adolescentes que só pensam em sexo. Numa festa de casamento ficam vidrados em Luisa, onze anos mais velha. Empolgados, a convidam para conhecer Boca Del Cleco, um nome que inventam na hora. Quando descobre que está sendo traída pelo marido, ela resolve viajar com os dois. Com o libido a toda, os garotos ficam extasiados com o espírito livre de Luisa, nesse filme que já foi classificado como um "road fucking movie".

A frase que dá título ao filme é considerada no México a pior ofensa que se pode fazer a alguém.




.

3 comentários:

Anônimo disse...

O final tb é demais...

marina w. disse...

O final é tudo!

Bia Firpo disse...

Esse filme é ótimo, gosto mto tb de Amores Brutos, com o Gael.